Parlamentar de Costa Marques que votou contra os professores, já escreveu vereador com “I” - Giro Central

Parlamentar de Costa Marques que votou contra os professores, já escreveu vereador com “I”

por: Ronan Almeida Politica
oXsUvivs5EZe
Vereador erra ao escrever seu próprio cargo

Neusa de Souza Neto, conhecida popularmente “Neusa do Postinho”, foi eleita vereadora pelo PP no ano de 2016 em Costa Marques com 340 votos. Natural de Santa Maria da Vitória (BA), nascida no dia 23.11.1952, é enfermeira do quadro efetivo da prefeitura e exerce essa profissão no posto de saúde no distrito de São Domingos. No dia ontem (09.02.2018), foi uma das parlamentares que sepultou definitivamente sua carreira de forma precoce ao votar favoravelmente contra a gratificação dos professores.

 

Apaixonada em postar mensagens nas redes sociais, no ano passado, a legisladora postou uma das suas pérolas escrevendo a palavra vereador com “I”, ou seja, escreveu veriador. Talvez foi por isso que votou contra os direitos dos mestres porque a educação para ela não faz falta. Se fizesse, cometeria suicídio político em apoiar o projeto de lei complementar elaborado pelo procurador-geral do município, Dr. Valnir, advogado na cidade de Alvorada, que o prefeito trouxe para Costa Marques para tirar direitos dos trabalhadores.

 

Se a “legisladora” Neusa de Souza Neto foi capaz de escrever vereador com “I”, então o que pode esperar dela como elaborada de projetos na Câmara de Vereadores de Costa Marques para proporcionar à população melhor qualidade de vida? Francamente, “a gente não sabemos”. Porque as pessoas até agora não “viu” nenhum projeto de sua autoria que justifique o mandato como “legisladora”.  O povo de Costa Marques “vão” sofrer com esses vereadores. Cada legislatura é pior do que a outra. Parece praga do Egito. O pior é que a dita “veriadora” recebe dois salários: uma como servidora da saúde e o outro como parlamentar para compactuar com a administração de Mirandão, que poderá chegar no final de seu mandato pior do que seu antecessor. O povo do município “estão” desanimado com os políticos atuais, tanto do executivo quanto do lelegislativo. Porém, é importante ressaltar que dos nove (09) vereadores, três (03) votaram a favor dos professores: Clebson Gonçalves, professor Serginho e Biazini. O presidente da casa de leis, vereador Antônio Augusto Neto, não votou porque só o faz quando há empate. Se isso acontecer, ele exerce o voto minerva e desempata. Para mim, foi uma surpresa o voto do professor Serginho, do distrito de São Domingos, que sempre foi defensor do prefeito na câmara. Mostrou respeito à sua própria categoria e, juntamente com os dois colegas de parlamento, devem receber louvores da população, particularmente dos profissionais do ensino da rede pública do município de Costa Marques.

Texto: Ronan Almeida de Araújo é proprietário do site Giro Central e jornalista registrado no Ministério do Trabalho sob número 431-98-RO.